Argila expandida armazena água? Explicamos tudo

Argila expandida armazena água

A argila expandida é um material versátil e inovador que tem alcançado maior destaque em diversas áreas devido à sua capacidade única de gerir a água. Mas não só. 
Descubra todos os benefícios da utilização da argila expandida para a gestão da água e como é que se mantem um material durável e eficaz. 

Como é que a argila expandida gere a água 

A argila expandida é produzida a partir da argila natural através de um processo de expansão térmica em forno rotativo. Ou seja, quando submetido a elevadas temperaturas, o material acaba por expandir e adquire uma estrutura porosa. 
É esta estrutura que lhe confere uma capacidade única de armazenar água. A estrutura porosa consiste em pequenos espaços livres que retêm a humidade, permitindo, assim, que a argila expandida armazene e liberte a água de forma eficiente. 

O armazenamento de água por parte da argila expandida faz com que exista uma melhor gestão da água no solo. Por exemplo, sempre que o solo está seco, a argila expandida liberta humidade a partir da água armazenada nos seus poros; por outro lado, se houver um excesso de água no solo, parte dela pode ser armazenada nos grânulos de argila expandida. 
 

Quais os benefícios da sua utilização? 

A argila expandida é conhecida por ser um material bastante versátil e por isso foi-lhe atribuído o título de material “tudo-em-um”. Fique a par das vantagens de utilizar este agregado inorgânico. 

Versatilidade 

A argila expandida é capaz de armazenar parte do excesso de água presente no solo, evitando o apodrecimento de raízes e reduzindo o risco de aparecimento de fungos e bactérias na floricultura, por exemplo.

 Já na gestão de águas pluviais, esta capacidade de armazenamento de água acaba por evitar inundações e cheias. 
 

Material sustentável 

Além de ser obtido a partir de uma matéria-prima natural, em que 1 m3 de argila natural dá origem a 5 m3 de argila expandida, a argila expandida não utiliza produtos tóxicos ao longo do processo de produção. A somar a isto, ainda é possível reutilizar o material para novas finalidades, mesmo depois de já ter sido utilizado. 

Isolamento térmico 

A estrutura porosa da argila expandida também contribui para o isolamento térmico dos elementos construtivos onde seja integrada, reduzindo, assim, as trocas de calor entre o interior e o exterior das construções. Em consequência disto, são criados ambientes mais frescos no verão e mais aconchegantes nas temperaturas mais frias. Na prática, esta característica é especialmente importante em projetos que procuram a sustentabilidade através de maior eficiência energética das construções. 

Redução de peso 

A argila expandida é um material leve, o que contribui para a redução do peso total das construções. Ou seja, os agregados mais pesados podem ser facilmente substituídos por este, que acaba por ser mais fácil de transportar e aplicar, juntando o facto de se criarem construções mais seguras e eficientes, ao mesmo tempo.

Onde é possível utilizar a argila expandida? 

A verdade é que a argila expandida tem diferentes utilizações. Pode ser usada: 

Na floricultura 

A argila expandida é um material muito utilizado como substrato em vasos e jardins suspensos. A sua capacidade de retenção de água e renovação do ar de forma adequada proporcionam um ambiente ideal para o crescimento das raízes, resultando em plantas mais saudáveis e com mais tempo de vida. 

Na gestão de águas pluviais 

Na gestão sustentável de águas pluviais, a argila expandida é utilizada nos sistemas de drenagem para controlar os picos de pluviosidade reduzindo o risco de inundações e ruturas dos sistemas de escoamento. A capacidade de armazenar e libertar água de forma gradual ajuda na hora de reduzir o escoamento excessivo, prevenindo, assim, possíveis inundações, enquanto contribui para a recarga dos lençóis freáticos. 

Na construção civil 

A argila expandida pode ser utilizada em diversos pré-fabricados para a construção, como lajes, blocos ou painéis, por exemplo, para proporcionar isolamento térmico, acústico e reduzir o peso da própria estrutura. Ao integrar este material nas construções é possível criar edifícios e infraestruturas mais eficientes energeticamente, desde a fase de construção até ao momento final de utilização.

Please register your details first

Areas of interest