Coberturas ajardinadas em edifícios usando Leca® para gestão das águas pluviais

Coberturas ajardinadas em edifícios usando Leca®

"As alterações climáticas no planeta, e também em Portugal, são uma realidade que se faz sentir de forma cada vez mais frequente, quando nos deparamos com longos períodos de seca que alternam com eventos de precipitação extrema num curto espaço de tempo. Por outro lado, o aumento da população nas grandes zonas urbanas, com o consequente aumento das construções e zonas de impermeabilização dos solos, exerce uma pressão cada vez maior sobre a gestão dos recursos hídricos nas cidades. Desta forma, é impreterível fazer um uso mais racional da água em meio urbano e encontrar soluções que permitam o seu armazenamento/retenção temporária e a sua posterior reutilização. (...)

As coberturas ajardinadas, que se caracterizam pela implementação de vegetação sobre uma laje construtiva, são uma solução tecnológica que se enquadra nas soluções baseadas na natureza (Nature-Based Solutions – NbS), fornecendo inúmeros benefícios quer a nível ambiental (através da absorção de poluentes atmosféricos e produção de oxigénio decorrente do seu metabolismo) quer a nível económico para os edifícios (através da minimização das variações térmicas no interior dos edifícios, reduzindo gastos energéticos). Além disso, devido à sua estrutura multicamada, as coberturas ajardinadas contribuem amplamente para a gestão das águas pluviais nos grandes centros urbanos (através da retenção e da redução do volume de escoamento), minimizando os impactes negativos da impermeabilização dos solos devido à edificação em larga escala.

De entre as várias opções de materiais que podem ser utilizados nas camadas que constituem uma cobertura ajardinada, a Leca® (argila expandida) tem importantes vantagens, pois além de ser um material natural, é leve (o que é favorável para não sobrecarregar a estrutura dos edifícios), e tem elevada porosidade, o que lhe confere uma considerável capacidade de retenção e de drenagem de água.

A Leca® Portugal tem sido uma empresa pioneira na implementação deste tipo de soluções em território nacional, através do fornecimento de material drenante para soluções baseadas na natureza implementadas em edifícios, contribuindo desta forma para a sustentabilidade e resiliência das grandes zonas urbanas.(...)

É de referir que a aplicação da Leca® na camada drenante das coberturas ajardinadas permite não só aligeirar a carga sobre a estrutura dos edifícios, mas também reter parte da água pluvial afluente, para além da água parcialmente absorvida pelas plantas e substrato, atrasando o escoamento para os sistemas de drenagem da cidade. Estudos desenvolvidos pela Leca® internacional mostram que a quantidade de água pluvial retida nas coberturas ajardinadas usando Leca® na sua estrutura depende da dimensão e granulometria do grão, podendo acumular até 70% da precipitação (Monteiro et al, 2022). Além disso, estudos efetuados em diversos países comprovam os benefícios da Leca® na
qualidade das águas drenadas. Está descrito que a Leca®, quando incorporada nas coberturas ajardinadas, pode atuar como um filtro removendo nutrientes, metais pesados e partículas dissolvidas e/ou suspensas nas águas pluviais, através de processos físicos, biológicos e químicos que, de outra forma, acabariam no ciclo da água (Monteiro et al.,
2022). O uso da Leca® no tratamento de águas pluviais é particularmente interessante devido à sua elevada resistência, baixo custo e elevado tempo de vida (...)



(1) Cristina M. Monteiro e (2,3)Cristina Santos
1 Universidade Católica Portuguesa, CBQF - Centro de Biotecnologia e Química Fina – Laboratório Associado, Escola Superior de Biotecnologia;
2 Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto;
3 CIIMAR - Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental

in Revista Energuia, páginas 15 e 16

 

Ler artigo completo aqui.