Reutilização de agregado leve Leca® ajuda a preservar o meio ambiente

O agregado leve Leca® retirado de uma antiga autoestrada foi reutilizado num novo projeto geotécnico

[FINLÂNDIA] O agregado leve Leca® retirado de uma antiga autoestrada foi reutilizado num novo projeto geotécnico que exigia um enchimento leve. O reaproveitamento do material permitiu reduzir os custos do projeto e minimizar o seu impacto ambiental.

A circular sul de Lahti é o maior projeto de construção rodoviária no sul da Finlândia, criando uma nova região logística na cidade. Localizada a menos de uma hora de carro do Aeroporto de Helsínquia e do Porto de Vuosaari, a nova via melhora as ligações a todas as zonas do país. Os trabalhos de construção da circular, na estrada nacional 12, foram divididos em dois projetos e três contratos. O projeto 1B seguiu o modelo de associação, juntando a Agência Finlandesa de Infraestruturas de Transportes, a empresa de construção Skanska e a consultora Afry Finland no consórcio VALTARI.

 

Novo trajeto para a estrada 

No âmbito deste projeto, a Helsingintie (estrada regional 140) mudou de percurso e obrigou a trabalhos de reestruturação devido à construção de um novo viaduto. Foi ainda necessário tornar o aterro da estrada mais leve para melhorar a estabilidade. Contudo, o enchimento leve usado nos trabalhos não teve de ser comprado ou transportado de outro local, já que foi possível reutilizar o enchimento usado na estrutura da antiga estrada. “O aterro da estrada Helsingintie colapsou para o rio Porvoonjoki durante os anos 90 e os planos existentes mostravam que as estruturas rodoviárias haviam sido reparadas no final da década com agregado leve Leca®”, explica Risto Ketonen, da Afry Finland, responsável pelo projeto geotécnico.
Em poucas palavras, o enchimento leve necessário para a obra estava disponível mesmo ao lado do local de construção, bastando que fosse retirado da estrada antiga e aplicado na nova. Um processo realizado sem prejudicar o fluxo de trânsito, já que a circulação foi desviada para outra via.

 

Agregado leve Leca® em excelentes condições

Numa fase inicial, não existia informação exata sobre a quantidade e estado do agregado leve Leca® usado na antiga estrada. Tratando-se de uma via com tráfego intenso não houve margem para realizar estudos prévios extensos. No entanto, logo que começaram as escavações verificou-se que o agregado leve Leca® estava seco e em bom estado, mantendo as suas propriedades originais.
“Foi surpreendente ver as boas condições em que o agregado leve se encontrava ao fim de 20 anos, sendo certo que foi aplicado corretamente, com escoamento e sarjetas subterrâneas”, continua Risto
Ketonen. Para avaliar a qualidade do agregado foram recolhidas amostras em três locais e enviadas para laboratório para testes quanto à granularidade, distribuição do tamanho do grão, teor de humidade e densidade aparente seca. O tamanho do grão do agregado leve Leca® do antigo aterro era apenas um pouco menor (4-22 mm) do que o fabricado atualmente pela Leca Finlândia (4-32 mm). Assim,
os resultados confirmaram que o agregado podia ser reutilizado com segurança.
“Para evitar imprevistos, a Leca Finlândia testou ainda um lote do agregado antigo no seu próprio laboratório. Em termos de fragmentação, distribuição de tamanho do grão e densidade aparente não compactada, as amostras corresponderam ao atual agregado de 4-32 mm, com a marca CE de acordo com a norma EN 15732:2012”, afirma Risto Ketonen.

 

Transportado facilmente para o novo local 

Confirmada a possibilidade de reutilização, o material precisou de ser armazenado temporariamente antes da aplicação na nova estrada. Enni Mälkönen, antiga gestora de obra do consórcio VALTARI, explica que, dado que o trânsito estava a ser desviado, o material foi depositado sobre o asfalto da antiga estrada Helsingintie.
A antiga estrutura de enchimento continha praticamente a quantidade de agregado leve Leca® indicada no projeto da obra e, no total, foram reaproveitados cerca de 2500 m3 no novo aterro. Enni Mälkönen afirma que a reutilização do agregado permitiu reduzir os custos associados ao projeto: “Na realidade, poupamos a quase totalidade do custo do material reciclado, ou seja dezenas de milhares de euros”.
A reutilização significou também uma redução nas emissões de CO2 e poupança de recursos, pois não foi necessário descartar o material antigo, nem produzir e transportar agregado novo. Enni Mälkönen fala de uma experiência positiva e diz que, em projetos futuros similares, pretende aproveitar o agregado leve, sempre que este esteja próximo do local de construção e cumpra os requisitos de qualidade.
Os trabalhos na estrada nacional 12 arrancaram na primavera de 2018 e terminaram no prazo definido. A estrada abriu ao público no final de 2020.

Informações do projeto


Obra: Enchimento com agregado leve na estrada nacional 12, circular sul de Lahti
Localização: Lahti-Hollola, Finlândia
Consórcio: VALTARI (Skanska Infra e Afry Finland)
Produtos Leca®: Agregado leve Leca® reutilizado 4–22